Ariana Schlösser

Porque 2017 se tornou
um ano sabático

Oi meus amoures,

Gente, vocês não tem ideia de como eu ensaiei escrever pra vocês antes e contar o que estava acontecendo dentro e fora de mim. Mas, cada vez que eu me propunha a fazer isso alguma coisa acontecia. E confesso que ainda tô um pouco travadinha em me expressar aqui de novo. Talvez mesmo pela vaidade boba minha em tentar achar as palavras certas para expressar precisamente o que se passa no meu coração.

Mas, fiz as pazes com este meu silêncio... depois de quase 4 anos praticamente escrevendo diariamente aqui, entendi que eu precisava aprender com o não falar. E isso tem sido MUITO importante pra eu poder entender o que eu gostaria de dizer agora, o que a Ariana que está renascendo, bem linda aqui, quer dizer! Antes de qualquer coisa, eu quero pedir desculpas a vocês pela minha falta de comunicação durante esta ausência. Me perdoem. Eu me senti muito mal esse tempo todo por não conseguir dar a satisfação que vocês merecem, pois, sei que vocês esperavam isso e se preocupam comigo.

Agradeço demais a compreensão e cumplicidade de vocês. Tenho muito respeito por cada um que me acompanha, e sou muito, muito, muito, muito grata por TODO apoio, carinho e lealdade que eu recebi durante todo este tempo - um dos momentos em que mais precisei. Vocês são muito phodaaaas de lindos! Nada do que eu recebo foi ou é em vão. Nenhuma mensagem, email, comentário que eu tenha conseguido responder ou não, foi ou é em vão. Eu li e leio tudo. Eu senti tudo, e todas foram e têm sido muito importantes pra mim :)

Sabe gente, até uns meses atrás eu acreditava estar vivendo o pior ano da minha vida, eu tinha certeza que só o pior iria acontecer... até que algo mudou e eu percebi: "Talvez eu esteja vivendo o melhor ano da minha vida!". Vivendo uma oportunidade única de uma cura profunda. Um período não apenas para olhar a morte, mas acima de tudo um período para olhar a Vida. Olhar como eu lido com a minha dor, meus medos, meu prazer, meu tempo, meu corpo, minha arte, minhas atividades, minhas relações, minha ações e reações, meu passado e até mesmo meu futuro. Cuidar de mim de uma nova forma. Amar minhas sombras junto com a minha luz. Me humanizar. E esta é a história de todos nós. Cada um tem a sua hora... a hora de confrontar o ser humano que se tornou, as ilusões do que acredita ser e parar de resistir o próprio movimento da sua vida. A minha hora chegou, e o que me conforta é ter a certeza de que tudo isso está valendo a pena cada segundo e que por causa disso, um dia vou poder ajudar alguém a passar por esse processo também.

Do pouco que eu sei nestes meses, o que eu sei é: Preciso viver esta pausa até o final. Preciso me ver sem ser a Ariana profissional - que trabalhou desde os 13 anos, com poucas pausas - e por isso praticamente a vida toda o seu trabalho a definiu.

Hoje ao invés de lutar contra esta pausa e contra mim mesma pelo que eu achava ser uma fraqueza, eu me olho com admiração pela coragem de dar este passo no escuro. E com respeito por estar verdadeiramente fazendo o que posso para seguir em direção de algo mais essencial sobre mim. Porque só assim poderei ajudar quem cruzar o meu caminho, afinal eu só posso levar alguém onde eu já fui, não é mesmo? Quando for o momento certo, contarei tudo pra vocês sobre como viver isto está sendo desafiador mas extremamente libertador. Enquanto isso, vou aprendendo a: respeitar o chamado da minha alma, respeitar os meus limites e o meu processo de desconstrução, tão complexo e doloroso, e ao mesmo tempo tão delicioso e tão bonito. Uma loucura boa.

Sigo aqui, fazendo o meu melhor para aceitar o que é, para aceitar o que eu consigo aceitar e o que não consigo aceitar, e tudo o que estou conseguindo ser. Respeito o meu momento, até quando ele fizer sentido, e me entrego ao Tempo Rei como ele sabiamente me pede :)

Que todos nós que estivermos passando por isso possamos renascer com fé de que estamos entregando tudo aquilo que precisa ser dissolvido pra seguimos mais verdadeiros com a nossa realidade. Em breve estarei com vocês de novo pra contar tudo sobre esse processo que me ocorre!

Volto já!
Com amor,
sempre
Ariana
Se você quiser ser avisado sobre o meu retorno (quando eu voltar ;) deixa seu nome e e-mail aqui e a gente se fala: